jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Política

Deputado autor do requerimento de criação da CPI da Coelba discute o assunto em audiência pública em Ilhéus

Dep TUM estará no evento realizado na Câmara de Vereadores, a partir das 9h, e é resultado de requerimento apresentado pelo vereador Luciano Luna (PV).

Autor do requerimento que resultou na criação da CPI da Coelba na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado estadual Tum, do Solidariedade, participa de audiência, na próxima quarta-feira, dia 18, às 9h da manhã, em Ilhéus, com o objetivo de ouvir as demandas e levantar dados acerca da operação da companhia na região sul do estado. O evento será realizado na Câmara de Vereadores, a partir das 9h, e é resultado de requerimento apresentado pelo vereador Luciano Luna (PV).

Procon, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e outras entidades classistas já confirmaram presença na audiência. De acordo com Tum, Ilhéus é a terceira cidade – depois de Casa Nova e Curaçá, a realizar evento do tipo, com o objetivo de esmiuçar a prestação de serviço da Coelba, empresa que, apesar de possuir um monopólio bilionário, ocupa o primeiro lugar no ranking de reclamações do Procon na Bahia.

“Sabemos que o serviço está longe de ser satisfatório, por isso, queremos ouvir da sociedade civil, da indústria, do empresariado, suas dificuldades perante a Coelba, para que possamos, ao iniciar os trabalhos da comissão, termos fundamentos para cobrar a empresa e garantirmos serviços condizentes com as necessidades dos baianos”, pontuou o parlamentar.

CPI – A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Coelba foi proposta em novembro de 2021 e contou com a assinatura de 39 deputados, número superior ao mínimo necessário para levar adiante o pedido. Com o aval da maioria da Casa, o requerimento foi avalizado pelo jurídico da Alba e a CPI obteve a autorização da presidência para ser instalada, mas um impasse entre os líderes da situação, deputado Rosemberg Pinto (PT), e da oposição, deputado Sandro Régis (União), tem emperrado o funcionamento.

“Enquanto os líderes batem cabeça e se negam a chegar a um acordo sobre a formação do colegiado, vamos percorrer a Bahia para ouvir nossa população, discutirmos os gargalos e responsabilidades da Coelba e, por fim, definirmos proposições que garantam aos baianos o serviço pelo qual pagamos tão caro”, finalizou o deputado.

Serviço
O quê: Audiência Pública para discutir a má prestação de serviços da Coelba em Ilhéus e Região
Quando: Quarta-feira, dia 18, a partir das 9h
Onde: Câmara de Vereadores de Ilhéus

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx