jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Cidades

Missa e procissão marcam a festa de Corpus Christi, no Pontal, nesta quinta (16)

A informação foi dada pelo pároco, o padre Joelson Dias.

A celebração ‘Corpus Christi’, quinta-feira, dia 16 de junho de 2022, na Igreja São João Batista, no bairro Pontal, em Ilhéus, terá início às 8 horas, com a Missa presidida pelo pároco, o Padre Joelson Dias, com a imensurável riqueza da Liturgia da Palavra e da Eucarística, para celebrar publicamente a presença real de Jesus na Eucaristia. Depois da Missa será realizada a procissão com a presença da Banda da Polícia Militar e um trio elétrico, animado pela banda Lumen Christi.

A procissão de Corpus Christi lembra a caminhada do povo de Deus, peregrino, em busca da Terra Prometida. O Antigo Testamento diz que o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da eucaristia o povo é alimentado com o próprio corpo de Cristo.

O circuito da procissão, com padre Joelson conduzindo o Ostensório com o Santíssimo Sacramento, sairá da Igreja, na Praça São João Batista, seguindo pelas ruas: Castro Alves, Juca Pinto (antiga Dom Pedro II), Travessa Santinha Guedes, ruas do Bomfim, Coronel Pessoa, Rua Hermínio Ramos (passarela do álcool), Treze de Maio, Inocêncio Correia, Rua Erotides Melo (Colônia dos Pescadores), Av. Lomanto Júnior, Rua Coronel Pessoa retornando a Igreja na Praça São João Batista.

Após a procissão será realizado um festival de caldos. Serão servidos, gratuitamente aos fiéis, vários tipos de caldos, tipo sururu, vaca atolada, bobó, camarão e outros. A informação foi dada pelo padre Joelson. A solenidade vai marcar o retorno da totalidade das atividades presenciais da paróquia, depois do período de isolamento imposto pela pandemia da Covid-19.

Origem – O Padre Joelson Dias lembra que a celebração de Corpus Christi (expressão latina que significa “Corpo de Cristo”) começou no século XIII, em Liège, na Bélgica. No ano de 1243, uma freira chamada Juliana teria tido visões nas quais Cristo revelava seu desejo de ver a Eucaristia ser festejada e reconhecida separadamente. Alguns anos mais tarde, em 1264, o papa Urbano IV consagrou a festa para toda a Igreja, com a publicação da bula Transiturus em 8 de setembro de 1264. ”

Nesta data, sempre em uma quinta-feira, em referência à Quinta-Feira Santa, quando aconteceu a última ceia de Jesus com seus apóstolos, os fiéis reproduzem a tradição de fazer procissões pelas ruas, caminhando sobre um colorido tapete confeccionado a partir de materiais diversos: flores, serragem, farinha, folhas, areia. Esse costume chegou ao Brasil com os colonizadores portugueses.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx